Melhor surpresa das férias: Amsterdã!

Saudades de você, Amsterdã! Como não amar? Como não querer morar nessa cidade! Simplesmente a melhor surpresa das nossas férias.

Uma pena que os 4 dias passaram muito rápido! Todos esses, foram muito bem curtidos, nesta linda e apaixonante cidade.

Cada esquina, cada prédio, cada canal, são surpreendentes. E foi assim que aproveitamos os nossos dias em Amsterdã:

Dia 1

  • Chegamos em Amsterdã pela Centraal Station (nosso meio de transporte entre as cidades de Bruxelas e Amsterdã: trem de alta velocidade de novo – Thalys).
  • Para ir até o hotel, pegamos o tram (transporte mais utilizado por lá – ah! O ticket/passe é por hora, 24h, 48h ou 1 semana – nós compramos 2 de 24h para cada – sim, ao invés de comprar de 48h).
  • Nos acomodamos e já fomos caminhar pelo Mercado Albert Cupy (maior mercado a céu aberto de Amsterdã – abre todos os dias, exceto aos domingos).
  • Após, I Amsterdam Sign – lugar mais famoso de Amsterdã. Impossível tirar uma foto sem a multidão ao lado.

  • Sentamos no gramadão na frente do Museu do Van Gogh.
  • Passeamos pelos canais próximos ao Rijiksmuseum (praça Leidseplein) e curtimos os belos restaurantes.


Dia 2

  •  Curtimos horas na Heineken Experience. Entrada 18 euros, mas que rendem 3 chopps é um abridor de garrafa.

  • Andamos pelos três canais mais lindos de Amsterdã: Herengracht, Keizersgracht e Prinsengracht.
  • Conhecemos o Bloemenmarkt (maior mercado de flores flutuante do mundo!!).

  • Andamos até o Begijnhof que é um dos mais antigos pátios internos de Amsterdã.

  • A coisa mais divertida dessa cidade é andar pelos cantinhos, ruazinhas, canais, pontes e descobrindo as belas casinhas de Amsterdã.

Dia 3

  • Chuva e chuva! Mas, ainda assim a cidade se mostrou ainda mais linda. As redondezas da Amsterdã Centraal também guardava seus segredos.
  • Famosa rua Red light Secrets – é coisa de cinema. Iguaizinhas nos filmes.

  • Passeamos de barco pelos canais de Amsterdã e, mesmo com chuva, nós adoramos. Pagamos 15 euros pelo passeio de 1h30min e passamos pela curva dourada (lugar mais lindo e magnífico, tem uma vista exclusiva de 15 pontes).
  • Fomos andando até a Praça Dam e entramos em todas as belas lojas (fizemos várias compras e já mostramos em post anteriores).
  • Tentamos visitar a Casa da Anne Frank (fila para comprar ingresso era de 3h de espera. Então: se quiser visitar compra o ingresso pela internet. Nós não aguentamos ficar na fila e não visitamos!).
  • Fomos ao FoodHallen – este local tem vários quitutes, snacks, vinhos e opções de gastronomia local. Comemos umas coisas bem esquisitas.

Dia 4

  • Nosso dia livre foi passear de Tram, caminhar pela Praça Dam, praça Rembrandt, tomar café, tomar cerveja, comer chocolate, hambúrguer, fazer compras, sentar à beira dos canais.


Dia 5 – Despedida de Amsterdã…

Assim, nos despedimos de Amsterdã!

Foi simplesmente sensacional. Sem palavras!

Podemos voltar?

Queremos cerveja + chocolate + batata frita de Bruxelas! Como faz?

Nada melhor para curtir o domingo, do que lembrar daquele cheirinho de chocolate que Bruxelas tinha… hoje faz um mês que conhecemos essa bela cidade!

Saudades e mais saudades, especialmente da batata frita, do chocolate e da cerveja.

Escolhemos passar 2 dias em Bruxelas, já que era metade do caminho entre Paris e Amsterdã. (Ah, esquecemos de contar: o meio de transporte escolhido para ir de uma cidade para outra na Europa foi o trem de alta velocidade (Thalys). Super recomendamos. É pratico, barato e rápido).

Mas falando de Bruxelas… Tínhamos um roteiro completinho!Chegando  lá,acabamos não seguindo ele em quase NADA. Nós ficamos encantados com a cidade pequena e resolvemos simplesmente passear, comprar e comer.

Dia 1

  • Como nosso hotel era próximo ao centro de Bruxelas, fomos conhecer a Grande Place a pé. A Grande Place é a principal atração turística de Bruxelas. Considerada um dos mais belos conjuntos de edificações da Europa.

  • O caminho até esta praça central é cheio de pubs, waffle de nutella e batatas fritas. Então, demoramos um pouco para chegar até lá.

  • Admiramos aqueles lindos prédios, tiramos varias fotos e, depois fomos atrás do Mannekin Pis – o menino que faz xixi. É uma pequena fonte em bronze de um menino a urinar para a bacia da fonte. Nas festividades a estátua é enfeitada com diversos disfarces. O seu “guarda-roupa” conta, hoje em dia, com mais de 800.

  • Caminhamos pelas redondezas da Grande Place e encontramos várias ruas fofas, restaurantes charmosos…
  • Curtimos a tarde tomando várias cervejas belgas em um Pub muito bacana! Céltica era o nome!

Dia 02

  • Repetimos o roteiro do dia 01: comemos, compramos e bebemos.

  • Entramos em todas as lojas de Bruxelas (Primark, Zara, C&A, Fnac, H&M, dentre outras…). Preços ótimos!!!!!
  • Nos perdemos no DeliriumDelirium é sem duvida o bar mais famoso da Bélgica. Informação importante: lá não tem garçom, ou seja, cada vez que você quiser uma cerveja vai ter que até o balcão. E mais, nada de cartão, você paga quando pede.
  • Cervejas obrigatórias: DUVEL, CHIMAY e DELIRIUM TREMENS.
  • Próximo à Grande Place tem a Les Grandes Galeries Saint Hubert que é primeira galeria comercial da Europa. Tem 200 metros de comprimento, 8 metros de altura e é coberta por uma enorme cúpula de vidro, o que faz dela uma das mais bonitas do continente. E as lojas mais luxuosas de Bruxelas!

Ao final deste belo passeio, com certeza engordamos uns 10kg. E assim, seguimos nosso passeio em direção à Amsterdã! Também de trem de alta velocidade!

Ansiosos para o passeio de Amsterdã?

Aguardem…

Beijos

 

Vamos passear em Paris?

Como faz para voltar no tempo e curtir novamente está viagem? Podemos voltar à Paris?

Hoje (26/06/2017), faz um mês que embarcamos para tão sonhada e planejada viagem (conhecer Paris, Bruxelas e Amsterdã). Fomos com um roteiro impresso de 26 páginas com dicas, lugares para conhecer, onde comer, qual metrô pegar, horário de abertura dos principais pontos turísticos, telefones de emergência e tudo mais que você pode imaginar. (Quem quiser o roteiro completo, pode nos mandar e-mail – quemcasa.blog@gmail.com).

Nosso roteiro nos salvou MUITAS vezes, porque nem sempre tínhamos internet (Wi-Fi) disponível (optamos por não comprar pacote de internet… usamos o GPS off-line, mas isso é assunto para outro post…).

Pensando nisso, decidimos listar os lugares que conhecemos (tinha outros vários no roteiro, mas não deu tempo de conhecer todos) e contar um pouquinho para vocês como foi nosso passeio por Paris.

Você está planejando conhecer Paris? Que tal começar com os passeios básicos:

Dia 01 – Bairro Montmartre – Um dos bairros mais charmosos de Paris

  • Escolhemos este bairro para nos hospedar (Sim, era um pouco longe dos demais pontos turísticos! Mas nós simplesmente adoramos este lugar!!!!).
  • Moulin Rouge é um cabaré tradicional, construído no ano de 1889 por Josep Oller. Só vimos a fachada, mas é lindo!
  • Na direita do Moulin Rouge, pegue a Rue Lepic e vá até o número 15 que é onde se encontra o café da Amelie Poulain, o Café Deux Moulins. (Tomamos um café também! Muito bom!)
  • Depois vire a direita na Rue Abbesses que é super charmosa e é onde fica a pracinha com o muro Eu Te Amo (Le Mur Des Je t’aime) que trata de uma parede onde a frase “Eu Te Amo” está escrita em mais de 300 idiomas. Uma gracinha!

  • Tome um sorvete na melhor sorveteria de todas: Amorino! Sorvete em formato de flor!
  • Continue caminhando na Abbesses e em seguida pegue a Rue D’Orsel e vire a esquerda na Rue Des Trois Frères. Na esquina da Rue Des Trois Frères e da Rue Tardieu, você vai ver as escadarias para chegar a igreja da Sacré Coeur. As escadarias são ENORMES!
  • Place du Terte – Praça onde estão os artistas de rua de Paris.
  • Depois de andar muito e descobrir as ruelas de Montmartre sempre perfumadas por um cheirinho delicioso de crepe de Nutella, chegou a hora de ver o pôr do sol. Para isso é só se juntar ao pessoal nos pés da basílica e conferir o pôr do sol com uma vista maravilhosa da cidade.

Dia 02 – Torre Eiffel

  • A vista da Torre Eiffel chegando pelos Jardins du Trocadéro é simplesmente a mais lindas de todas (Pegar o metrô e descer nessa estação).
  • Tirar todas as fotos possíveis da torre Eiffel (Não subimos na torre – optamos por admirá-la lá de baixo mesmo).
  • Super recomendamos fazer um ensaio fotográfico na Torre (melhor recordação de todas!!!!). Já falamos sobre isso no post “Domingo de manhã em Paris” e algumas fotos estão lá!

  • Ponte Bir Haken – Fotogênica, elegante e cenário obrigatório para fotos de turistas do mundo inteiro (Nosso ensaio fotográfico também foi realizado nesta ponte!!!!).
  • Deitar na Champ de Mars e admirar a Torre Eiffel (de novo). Deixar o tempo passar!

  • Caminhar a beira do Rio Sena até a Ponte Alexandre III e admirar o Grand e Petit Palace.
  • Como ficamos no bairro Montmartre – toda noite passeávamos pelas ruas do bairro. Comemos o famoso crepe de Nutella, além das massas deliciosas do restaurante Jolis Mômes.

Dia 03 – Notre Dame + Louvre

  • A Catedral Notre Dame é considerada o Marco Zero de Paris, no qual por ela são marcadas todas as distâncias geográficas da França. Para visitar a catedral você não precisa pagar nada, somente para subir à torre. Todos os dias das 7h45 até 18h45. Você paga (o preço varia, mas você consegue pagar uns €10 a entrada) se quiser subir nas torres e ver Paris mais de cima. A parte de trás da igreja é MARAVILHOSA.

  • Monumento em homenagem Jacques Demolay esta nesta mesma ilha;
  • Atravessar a Pont Neuf e ir em direção ao Musée du Louvre.
  • Musée du Louvre – O museu está aberto diariamente das 9h às 18h, exceto terça-feira (salas fechadas a partir de 17.30) – O museu está aberto à noite até 21:45 quarta-feira e sexta-feira. (salas fechadas a partir das 21:30). Entrada 15 euros. Nós adoramos a sessão do Egípcia e Romana.

  • Jardin des Tuileries –Lugar lindo para descansar e almoçar (uma baguete sentada na grama) ou nas famosas cadeiras verdes!!
  • Seguindo pela Place de la Concorde, chegamos à Champs Élysées (avenida mais famosa de Paris), mas passeamos por ela, outro dia.

Dia 04 – (Programação inicial era Palácio de Versailles, mas não fomos) Champs Élysées + Torre

  • O Musée de la Franc-Maçonnerie (Museu da Franco-Maçonaria em Português) é um museu da Maçonaria localizado na Rua Cadet, Paris. É aberto diariamente, excepto aos domingos, e uma taxa de admissão é cobrado.
  • Galeries Lafayette é uma loja de departamento francesa que tem 10 andares (10 andares, com as mais variadas e MELHORES marcas do mundo). Detalhe: Você irá e não comprará nada! hahahahahaha. Dica: Comer macarron no Pierre Hermé – o melhor de todos.
  • Arco do Triunfo é o monumento construído em comemoração às vitórias militares do Napoleão Bonaparte (símbolo do patriotismo e orgulho francês). Não subimos no arco, pois tinha muita escada!

  • Neste dia passeamos pela Champs Élysées. Ela é conhecida na França como La plus belle avenue du monde (“A avenida mais bela do mundo “). Entre em todas as lojas possíveis! TODAS de preferência.
  • Depois de passear, voltamos para admirar (sim, de novo) a Torre Eiffel. Compre um vinho, uma bolacha, um sanduíche,cerveja (qualquer coisa) e sente no Jardim Trocaderó e espere a Torre te surpreender com o acender das luzes (o melhor pôr do sol da vida).
  • Jante em um restaurante a beira do Rio Sena.


Dia 05 – Eurodisney (não precisamos dizer mais nada, né).




Dia 06 –Bairro Saint-Germain + Champs Élysées

  • Saint-Germain é o nome dado à região que fica em volta do Boulevard Saint-Germain, nos bairros 6 e 7 de Paris, entre o rio Sena e o Jardim Luxemborug. Uma das regiões parisienses mais conhecidas pelos turistas. Mesmo quem nunca foi a Paris a conhece, graças a filmes e livros clássicos como o Meia-Noite em Paris de Woody Allen e Paris é uma Festa de Hemingway.

  • Almoçar um delicioso boeuf bourguignon em belo restaurante neste bairro (todos são lindos demais). Nós fomos caminhamos novamente pela Champs Élysées. Tomamos um belo café e entramos em todas as lojas de novo (fizemos umas comprinhas)
  • Como amamos Montmartre, passeamos mais um pouco neste bairro e comemos mais um crepe de nutella!

Alguns passeios estavam no roteiro, mas ficará para próxima ida à Paris: Palácio de Versailles e bairro Marais (e todas as suas belezas).

Esperamos que tenham gostado das nossas dicas e do roteiro. Quem quiser mais informações, entre em contato conosco.

Beijos

Hotéis da Eurotrip: aprovados ou reprovados?

Para cada estilo de viagem, nós escolhemos um tipo de hotel. Por exemplo: nossa lua de mel foi em Gramado/RS, por isso escolhemos um no centro, com belíssimo café da manhã… (Hotel Serra Azul – pelo menos nós gostamos #).

Porém, ao escolher os hotéis para viagem na Europa pensamos: vamos passar nosso tempo no hotel? Vamos ficar passeando? Precisamos de algum luxo no hotel ou uma boa cama e um chuveiro quentinho? Com café da manhã ou sem café da manhã? Próximo ao ponto turístico ou próximo ao metrô?

Foi respondendo essas perguntas que pesquisamos, pesquisamos, comparamos e encontramos nossos hotéis no Booking.com (não estou fazendo propaganda, mas como transcorreu tudo certo com nossas reservas, está indicado!!!).

Nós optamos pelos hotéis sem pré-pagamento e com possibilidade de cancelamento grátis. Com esses filtros, quando da reserva, você só cadastra o cartão de crédito, mas não há nenhum tipo de cobrança. Assim possibilita que vc continue pesquisando e, se achar algum hotel mais barato ou numa localização melhor, você consegue cancelar a antiga reserva sem nenhum custo. Nestas condições, você fará o pagamento em dinheiro, diretamente no hotel.

Nós APROVAMOS os hotéis que escolhemos, tanto por conta da localização (importante você definir se você utilizará metrô, Taxi, uber, outros meios de transporte), como pela limpeza e atendimento. Eles podem até ser considerados simples… mas nós ficaríamos neles novamente, sem problemas.

Assim, segue a lista:

Paris: Perfect Hotel & Hostel (Nota 7,6 no Booking.com). Localizado a apenas 5 minutos da Estação de Metrô Anvers, 15 minutos a pé do Moulin Rouge e Sacrè Couer, WiFi gratuito e recepção 24 horas.

Nós amamos a vista do nosso quarto ❤️ os lindos e famosos telhadinhos de Paris. Único hotel com café da manhã (bem simples: baguete, pão de chocolate, suco de laranja e café com leite). Valor: € 515,00 (6 noites).

Bruxelas: Hotel Queen Anne (nota 7,6 no Booking.com). O hotel fica no coração de Bruxelas, a uma distância de 10 minutos de caminhada da Grand Place (praça central), Wi-Fi grátis e recepção 24h.  Sem café. Valor: € 157,48 (2 noites). Esquecemos de bater foto #).

Amsterdã: Hotel Atlantis (nota 7,4 no Booking.com). Localizado numa área animada, próximo ao famoso mercado de rua Albert Cuyp, com muitos bares próximos. Oferece recepção 24 horas, serviço de aluguel de bicicletas e quartos com WiFi gratuito. Detalhe: fica a 900m da Heineken experience.


Esse hotel tinha a melhor sacada da vida 💚 Valor: € 415,00 (4 noites).


Espero que tenham gostado!! E agora que vocês já tem destino escolhido + passagens compradas + hotel reservado: só fazer o roteiro e curtir a viagem!

Beijos e deixe seu comentário! Gostou das dicas?

Vale a pena fazer compras na Europa?

Quando definimos o orçamento da nossa viagem, fazer compras estava TOTALMENTE fora dos planos. Assim, estipulamos € 110,00 por dia para alimentação, transporte e atrações turísticas (sobre a hospedagem, vamos falar no próximo post!!!). Se foi pouco? Se foi muito? Para nós: foi o suficiente, INCLUSIVE fazer algumas MUITAS compras.

Somos do tipo de viajantes que não se preocupa em comprar comida no mercado, fazer um sanduíche para comer no almoço sentados em algum parque, caminhar pelas ruas estreitas e belas, andar de metrô e ficar com medo de ser preso pela porta. No nosso roteiro não estavam/estão listados restaurantes caros ou hotéis de luxo, pois o verdadeiro luxo é estar viajando.

Por isso, aqui vai a primeira dica deste post: se misture com os nativos (nativos europeus rsrsrsrs). Vá ao mercado da esquina, se perca no metro, vá aos bares ou pubs da rua do seu hotel/hostel, sente no banco da praça ou parque e, simplesmente, deixa a vida passar.

Nesta viagem, nosso programa preferido foi visitar os mercados de Paris (produtos bons com preços baixos – presunto de parma, vinhos, queijos dos mais variados tipos, chocolates que no Brasil custam uma fortuna). Isso sem falar nas inúmeras lojas de departamento que entramos, farmácias com produtos de beleza e higiene pessoal de ótima qualidade, lojas de roupa com preços acessíveis. Meu deus! Pena que não levamos mais dinheiro para essas coisas!

Dica de número dois: se você é compulsivo, reserve alguns euros para fazer compraaas! Mas…Mesmo com orçamento definido, nos permitimos comprar algumas coisinhas diferentes que encontramos em Paris, Bruxelas e Amsterdã.

Na tentativa de saber se nossa ida ao mercado foi boa, ontem fomos ao mercado aqui em Blumenau (não vou falar o nome) comparar o preço de alguns dos produtos que compramos (não temos todos). Olha só:

  • Nutella 750g: pagamos € 4,95 – encontramos no Brasil por R$32,95;
  • Chocolate Milka: pagamos € 0,79 – encontramos no Brasil por R$ 37,27;
  • Bolacha oreo: pagamos € 2,15 – encontramos no Brasil por R$ 33,59;
  • Chá: pagamos € 1,99 – encontramos no Brasil por R$ 9,99 (caixinha menor);

Provavelmente, você também ficou surpreso com isso! Então, dica número três: compre muita comida na Europa e encha sua mala com essas besteirinhas deliciosas!.

Além das comidas, compramos várias “besteirinhas” para dentro de casa (quadrinhos por € 1,00, luminária de abacaxi por € 8,00, velas por € 0,50…) e alguns ursinhos para Zoey:

E como eu também não sou de ferro, comprei umas roupinhas e produtos de beleza!

  • Blazer rosa da Zara – €39,95;
  • Blusas cinza e xadrez da H&M – € 5,00 cada;
  • Pijama PRIMARK – € 7,00
  • Óculos de sol – € 3,99 cada;
  • Perfume Henrique – € 25,00..

E vários souvenirs, inclusive da Disney!

Então, gostaram?

Mesmo não lembrando do preço de todas as coisas que compramos, SIM, nós achamos que VALE MUITO A PENA FAZER COMPRAS NA EUROPA!!!!.

Já estamos esperando a próxima viagem, para as novas compras!

Beijos!

Decidiu viajar? #1

Aqui do céu, percebemos o quanto somos pequenos (Ps: estou escrevendo este post diretamente do nosso voo para Madrid). E quando olhamos pela janelinha pequena do avião, pensamos que cada pedacinho de chão tem uma história para contar, algo lindo para visitar e uma boa experiência para viver.

E foi assim, mesmo com o desejo de alcançar nossa meta de conhecer 30 países, nossa primeira trip foi para Paris/França, Bruxelas/Bélgica e Amsterdã/Holanda.
Não queríamos passar por vários lugares e países só para fazer número, optamos por conhecer somente essas três cidades/países de uma forma mais tranquila e menos cansativa.

E assim foi. Passamos 6 noites em Paris, 2 noites em Bruxelas e 4 noites em Amsterdã.

Dito isso, aqui vai nossa primeira dica: opte por conhecer bem poucas cidades, fique mais tempo nelas e aproveite as esquinas, os restaurantes e o por do sol. Escolher vários destinos em uma única viagem pode deixar você cansado e frustado por apenas ter passado pelos pontos turísticos e não ter vivenciado uma tarde livre em um belo parque da cidade escolhida.

Após a escolha dos destinos da sua próxima viagem (nós escolhemos o nosso no dia 31/12/2016, na nossa bela virada do ano em casa), e com isso, começamos a pesquisar as melhores oportunidades de passagens.

Pesquisamos todos os dias, todas as horas, em todos os sites de pesquisa, saindo das mais variadas cidades, indo e voltando por aeroportos diferentes, em dias alternado. Por isso, nossa dica número dois é: viaje sempre durante a semana, as passagens de fins de semana, normalmente, são mais caras.

A compra das nossas passagens não foi no site de pesquisa. Aí vai nossa dica de número três: compre as passagens diretamente no site da companhia aérea (desta vez, foi no site da IBERIA), assim você economiza com as tarifas.

A passagem escolhida foi saindo de São Paulo (aeroporto de Guarulhos), chegada em Paris (aeroporto Orly). A volta por Amsterdã (aeroporto Schiphol), chegada em São Paulo (aeroporto de guarulhos). Nestes dois voos fizemos escala em Madrid (inclusive, foram super rápidas. Ah, fizemos a imigração em Madrid também, super tranquila, fizeram só duas perguntas).

Assim, após a escolha do destino e a passagem comprada, dica número quatro: leia tudo sobre as cidades escolhidas, o que você quer conhecer ou fazer e comece a escrever seu roteiro.

Nós fizemos o nosso (ao todo deu 26 páginas) e vamos compartilha-lo com vocês, aguardem os próximos post!

Quem tiver qualquer dúvida sobre como comprar passagem, onde pesquisar, pode mandar e-mail quemcasa.blog@gmail.com ou deixar seu comentário. Ficaremos muito felizes em ajudar.

Beijos!

#quemcasanaeuropa

Hello! Preparados para os inúmeros post da nossa #eurotrip?

Amanhã (07/06) é nosso “último dia” de viagem (isso porque dia 08/06 começaremos a nossa maratona de voos de volta pra casa).

E o nosso sentimento está bem dividido: ora querendo ir pra casa (saudades da nossa cama, nossa rotina, nossa filhinha), ora querendo que essas férias não acabem!

Nossos exatos 13 dias na Europa foram sensacionais e tudo continua saindo como programamos (graças a Deus!!!). 

Passamos por Paris, Bruxelas e Amsterdã. E, mesmo não sendo blogueiros de viagens e não tendo as melhores fotos e dicas, queremos compartilhar nossa viagem com vocês, pensando que pode vir a ser útil, de alguma forma.

Pensamos em mostrar/compartilhar nosso roteiro (o que fizemos e o que não fizemos), nossos gastos (orçado x realizado), nossa impressão das cidades que passamos, os hotéis escolhidos, transporte escolhido, nossas compras, nossos passeios… o que acham?

Quem tiver dúvidas ou sugestões dos post, favor nos mande e-mail quemcasa.blog@gmail.com ou direct no @quemcasa.blog.

Beijos e, preparem-se para muitas histórias da Europa!

Domingo de manhã em Paris…

Paris está sendo ainda mais surpreendente do que esperávamos. Hoje tivemos o privilégio de conhecer um brasileiro (o querido Pablo Araújo), que nos convidou para passar uma manhã com ele.

Pablo mora em Paris há um ano e meio e fotografa casais, família, amigos e até inimigos que querem registrar seus lindos momentos aqui.
E assim, como Deus caprichou e nos mandou um domingo ensolarado,  aqui está a prévia deste ensaio.



Quem estiver vindo para Paris, precisa passar agradáveis momentos com o Pablo!

Escolhemos a companhia aérea certa?

Quando decidimos viajar, uma das nossas preocupações era a escolha da companhia aérea. Depois de tantas pesquisas, leitura de blogs, avaliação e opiniões, escolhemos a IBERIA. Companhia aérea espanhola.
Apenas para resumir: adoramos e super indicamos. Quando da compra da passagem, não escolhemos as poltronas. Compramos assentos conforto (aqueles da primeira fila) um mês antes do embarque, por um preço bem camarada (R$ 50 cada). Até porque eram 10h de viagem e não queríamos ficar apertados.


Cada poltrona com seu travesseiro e manta vermelha. Tudo cheirosinho e limpinho! O jantar foi servido após 2h da decolagem (mesmo sendo um voo diurno, talvez para que nos acostumássemos com o horário de Madrid) e o café da manhã foi servido às 5 am, mas para nós brasileiros era meia noite (muito divertido tomar café esse horário). Quanto a comida? Tudo ótimo! Serviço de bordo? Excelente.


O entretenimento desta aeronave era individual e muito bom! Eu assisti: Animais Fantásticos e onde Habitam, Rogue One e Passageiros. Ele assistiu: Dr. Estranho, Deadpool e O Contador. Só filme novo!

Estávamos tão ansiosos e empolgados que não conseguimos dormir. E, após 10 horas de uma bela viagem, chegamos à Madrid felizes por termos escolhido a IBERIA.

Féééérias à vista…

AVISO IMPORTANTE!(spoiler de textão)

Em tempos de tanta negatividade e agressividade nas redes sociais, aviso que: AQUI NÃO!

Eu e a @sabrinaasah vamos viajar e vamos tirar fotos, fazer check-ins, selfies estranhas, fotos de lugares, comidas e tudo mais que temos direito.

COMPARTILHAR NOSSA FELICIDADE.

O mundo precisa de um pouco mais de amor, boas experiências, bons lugares, boas pessoaa. MAIS FELICIDADE.

Acho que todos deveriam tentar fazer isto: COMPARTILHAR FELICIDADE e não se preocupar em espalhar maldade no mundo.

Com certeza serão as nossas melhores férias!

✈️✈️✈️❤❤

#SãoPaulo #Madrid #Paris #Bruxelas #Amsterdam #EuroDisney #EuroTrip #ParisSaintGermain #Itaquerão #Corinthians #QuemCasaBlog